Une Processa Lollapalooza por Preços; Festival teria Burlado Lei da meia entrada

1930979718-lollapalooza-e-evacuado-por-conta-de-tempestade-durante-os-shows-principais

A União Nacional dos Estudantes (UNE) entrou com um processo na Justiça contra o festival Lollapalooza ao lado de outras organizações. De acordo com a ação, o evento teria burlado a lei da meia entrada. As informações são da coluna de Monica Bergamo na Folha de S. Paulo.

Segundo os documentos aos quais a jornalista teve acesso, os ingressos do Lolla de 2018 estão cerca de 63% mais caros que os da edição de 2017 – o que faz com que os preços atuais da meia entrada sejam praticamente equivalentes ao custo anterior da entrada cheia, principal alegação da ação. “O valor da meia entrada virou uma ficção”, disse a ela o advogado Fábio Cesnik, representante das entidades.

O festival, por sua vez, responde que, ao mesmo tempo em que os preços foram aumentados, foi criada uma nova opção para que o público consiga pagar um valor menor: a “entrada social”. Com ela, doando R$ 30 ao Criança Esperança, da TV Globo, o espectador também paga meia entrada.

Ainda de acordo com Bergamo, a T4F Entretenimento, responsável pelo evento, diz que a última edição do Lollapalooza Brasil teve dois dias e a próxima terá três, ou seja, a meia-entrada para o “Lolla Pass” não é exatamente o dobro do valor de 2017.
Fonte: Reprodução/Facebook

Comentários

Comentários

« Voltar