RS terá sol entre nuvens, com chance pequena de chuva nesta sexta-feira

previsao_do_tempo

O sol aparece com nuvens na maior parte do Rio Grande do Sul nesta sexta-feira, mas ainda ocorrem períodos de nebulosidade em algumas áreas. A temperatura se eleva e da tarde para a noite não se descarta a ocorrência de chuva isolada, especialmente em pontos do Centro para o Sul e em parte do Leste do Estado.

Ingresso de ar mais quente a partir de Oeste deixa a temperatura mais alta nos municípios próximos a Fronteira. Depois da instabilidade leve da quinta-feira, não há previsão de volumes expressivos de precipitação. A noite deverá apresentar temperatura amena.

As mínimas chegam a 9°C em São José dos Ausentes e 11°C em Caxias do Sul. As máximas, por sua vez, alcançam 28°C em Santa Rosa e 29°C em Alegrete. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 13°C e 27°C.

A quinta-feira foi marcada pelo predomínio da nebulosidade e pelo abafamento, sobretudo nos municípios do Centro, Norte e em parte do Leste do Estado. Choveu e com forte intensidade em trechos isolados da Serra, Alto Uruguai e também no Vale do Rio Pardo.

O maior acumulado de precipitação foi registrado em Rio Pardo, 50 mm, o que corresponde a 34% da média histórica de outubro. Em Erechim choveu 44 mm o que corresponde a 25% da média do mês. Entretanto, do Centro para o Oeste o sol predominou e não houve registro de precipitação.

A temperatura foi alta, a máxima alcançou 29,8oC em São Gabriel, 29,2oC em São Borja, 29 oC em Santa Rosa e 28,8 oC em Uruguaiana. A combinação de umidade e calor, entretanto, não foi suficiente para distribuir melhor a chuva por todas as regiões.

Isso acontece, em parte, porque o canal de umidade da Amazonia está atuando no Centro do Brasil, nos estados do Sudeste e Centro Oeste, como o “cobertor é curto” enquanto chover bastante lá escasseia por aqui. Já nos últimos 10 dias deste mês, a situação se inverte.

Segundo rede de estações do Metroclima a temperatura máxima em Porto Alegre passou de 30oC neste mês apenas no dia 11. No domingo, contudo, é provável que tenhamos a tarde mais quente de outubro.

Correio do Povo

Comentários

Comentários

« Voltar