Morte de John Lennon completa 33 anos neste domingo

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

John Lennon, fundador da maior banda de rock da história, tinha 40 anos quando foi assassinado, em 1980, em frente ao edifício Dakota, lendário prédio de Nova York que foi utilizado como locação do filme “O Bebê de Rosemary”, de Roman Polanski, e lugar onde Lennon morava com a esposa Yoko e o filho deles, Sean. Ao lado de Paul McCartney formou uma das mais incensadas parcerias musicais do rock, fazendo dos Beatles uma banda amada pelos quatro cantos do mundo. John Lennon também ganhou notoriedade por estar vinculado a causas da paz mundial, e chegou inclusive, a devolver a medalha de membro do império britânico à Rainha Elizabeth, como forma de protesto ao apoio britânico na guerra do Vietnã.

Naquele fatídico oito de dezembro de 1980, depois de voltar das sessões de mixagem de algumas sobras de “Double Fantasy”, LP lançado em novembro daquele ano, John Lennon foi abordado por um sujeito chamado Mark Chapman, um fã perturbado que disparou cinco tiros (acertou quatro) contra o ex-Beatle, provocando assim a morte do astro, em frente à porta de sua casa. Chapman foi condenado a prisão perpétua.

O corpo de John foi cremado e suas cinzas depositadas em um memorial chamado Strawberry Fields Forever, construído no Central Park, com a palavra – IMAGINE, nome de uma de suas músicas mais emblemáticas. Foi- se o homem, permanece a lenda.

Sua obra continua nos inspirando.

 

Comentários

Comentários

« Voltar