Liberadas cancelas em nove praças de pedágio no RS

15111081

Estradas gaúchas administradas pela Univias ficarão sob responsabilidade da Empresa Gaúcha de Rodovias
Desde às 5h desta sexta-feira, foram liberadas as cancelas em nove praças de pedágio administradas pelo consórcio Univias. A arrecadação foi suspensa nas rodovias estaduais dos polos de Caxias do Sul, na Serra, e Lajeado, no Vale do Taquari.

As cancelas foram levantadas nas quatro praças da concessionária Convias: na ERS 122 entre Farroupilha e Caxias do Sul, entre Caxias do Sul e Antônio Prado e entre Caxias do Sul e Nova Milano; e na RSC 453 entre Caxias do Sul e Nova Milano. Também foram liberadas as cinco praças da concessionária Sulvias: na ERS 130 e na ERS 129, entre Lajeado e Guaporé; na RST, entre Estrela e Garibaldi; na RST 453, entre Lajeado e Venâncio Aires; e na ERS 128, nos entroncamentos com a BR 386 e RST 453.

A liberação das cancelas antecipou o ato simbólico previsto para 9h30min na ERS 122, praça de Farroupilha, com a presença do governador Tarso Genro, para marcar a transferência dos polos para a Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR). De acordo com a assessoria de imprensa da Univias, a medida foi tomada para preservar os colaboradores da empresa, evitando constrangimentos e confrontos.

A EGR irá administrar apenas as rodovias gaúchas. Segundo o governo estadual, a administração das estradas federais deve ficar a cargo da União. A estimativa para um ano de arrecadação nos polos de Caxias do Sul e Lajeador é de R$ 172 milhões.

Com informações do repórter Lucas Rivas

Comentários

Comentários

« Voltar