A partir da zero hora de hoje você deve adiantar o seu relógio em uma hora

horario-de-verao

O horário brasileiro de verão entra em vigor a zero hora de hoje.  Moradores de estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste têm de adiantar os relógios em uma hora. A Bahia novamente não fará parte do programa este ano. Em 16 de fevereiro de 2014, os relógios voltam a ser atrasados em uma hora, com o fim do horário de verão.

O principal objetivo é a redução da demanda máxima do Sistema Interligado Nacional (SIN) no horário de ponta, das 19h às 22h. Isso é possível porque a energia elétrica passa a ser utilizada mais tarde, evitando a coincidência de maior uso com o consumo existente ao longo do dia pelo comércio e pela indústria, cujo total reduz após as 18h.

Conforme estudos do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), é esperada uma redução aproximada de 4,5% de demanda durante o horário de ponta no Rio Grande do Sul, cerca de 270 megawatts (MW). A aplicação do horário de verão na área de concessão da AES Sul – Distribuidora Gaúcha de Energia, que atende 118 municípios, também representará uma redução de aproximadamente 4,5% na demanda, com economia de 90 MW. Essa retração real projetada é de aproximadamente 0,5%, o que equivale ao consumo residencial de uma cidade de 35 a 40 mil habitantes, como Itaqui, Rosário do Sul, Caçapava do Sul ou Estância Velha.

Além do horário de verão, o consumidor pode adotar medidas rotineiras que contribuem para um consumo consciente de energia elétrica. Ar-condicionado: depois de ligá-lo, mantenha portas e janelas fechadas para acumular o ar frio, evitando deixar o aparelho ligado durante toda a noite. No chuveiro reduza os banhos demorados e mantenha a chave na posição verão.

Fusos horários:

Com a mudança de horário, os fusos do Brasil se organizam da seguinte forma em relação ao horário da capital do País:

* 2h: os estados do Acre, Amazonas, Roraima e Rondônia ficam duas horas atrás do horário de Brasília;
* 1h: os estados do Nordeste (inclusive Bahia), Pará, Amapá, Tocantins, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul continuam com uma hora a menos do que o horário da capital federal;
* 0h: as regiões Sul e Sudeste, mais o estado de Goiás, adotam a mesma hora de Brasília durante o horário de verão.

Comentários

Comentários

« Voltar