Daft Punk e David Bowie ajudam a alcançar maior nível de vendas de vinil

399883

As vendas de discos de vinil atingiram o maior nível em uma década na Grã-Bretanha, graças em parte ao sucesso do último álbum da dupla de música eletrônica Daft Punk. “Random Access Memories”, do Daft Punk, é o LP mais vendido do ano, principalmente por ser puxado pelo single “Get Lucky”.

David Bowie — que em janeiro lançou o primeiro disco de inéditas, “The Next Day”, após uma década -, Arctic Monkeys, Paul McCartney, Pearl Jam e Arcade Fire lançaram ou ainda vão lançar novos álbuns este ano em vinil. Todos esses artistas ajudaram a alavancar as vendas da mídia.

Foram quase 550 mil LPs vendidos em 2013, o melhor resultado desde 2003, segundo o BPI, órgão da indústria musical britânica. Se o ritmo de vendas persistir no restante do ano, o resultado pode chegar a 700 mil álbuns, o maior número desde 2001.

Nos últimos 12 meses as vendas dobraram na comparação com o mesmo período do ano passado. Os vinis representam 0,8% de todos os discos vendidos na Grã-Bretanha (em 2007 eram 0,1%).

“O LP retorna”, disse Geoff Taylor, diretor do BPI e do Brit Awards, a premiação da indústria fonográfica britânica. “Estamos assistindo a um renascimento dos discos, já que não se trata de nostalgia, mas de um formato que os fãs preferem cada vez mais”, completou.

Confira os 10 vinis mais vendidos no Reino Unido:

1) Daft Punk – ‘Random Access Memories’

2) Arctic Monkeys – ‘AM’

3) David Bowie – ‘The Next Day’

4) Boards Of Canada – ‘Tomorrow’s Harvest’

5) Queens Of The Stone Age – ‘… Like Clockwork’

6) Atoms For Peace – ‘Amok’

7) Vampire Weekend – ‘Modern Vampires Of The City’

8) The National – ‘Trouble Will Find Me’

9) Nick Cave and The Bad Seeds – ‘Push The Sky Away’

10) Black Sabbath – ’13′

Comentários

Comentários

« Voltar