Coletânea lançada nesta segunda reúne áudios raros e covers dos Beatles

Uma nova coletânea, um CD duplo e um LP dos Beatles foram lançados nesta segunda-feira (11) com interpretações inéditas que o icônico quarteto gravou ao vivo para a emissora britânica “BBC” nos anos 1960. “On Air – Live At The ‘BBC’ Volume 2” tem 63 canções e sai acompanhado de um livreto de 48 páginas.

O álbum inclui 37 versões do grupo, com alguns de seus primeiros sucessos e versões nunca divulgadas até então, além de 23 gravações com conversas e brincadeiras entre os membros da banda, registradas entre 1963 e 1964.

Em “On Air” estão dez canções que nunca foram gravadas pelo grupo para a EMI no anos 1960, e duas delas nunca foram registradas: uma versão de “Beautiful Dreamer” e “I’m Talking About You”, de Chuck Berry.

Este álbum complementa o material que foi lançado há quase vinte anos, em 1994, o “On Air – Live At the BBC” – que alcançou o número um de vendas no Reino Unido.

Também há neste segundo álbum diferentes versões de seis raridades incluídas no disco de 1994 como “Lucille”, de Little Richard, “Memphis, Tennessee”, de Chuck Berry, “The Hippy Hippy Shake”, de Chan Romero, “I Got a Woman”, de Ray Charles, e duas músicas de Carl Perkins, “Glad All Over” e “Sure To Fall”.

Outra das surpresas deste novo lançamento é o tributo da banda ao programa de música pop da “BBC”, o mais importante no começo dos anos 1960: “Happy Birthday, Dear Saturday Clube”.

“On Air” inclui gravações da “BBC” de 30 canções das mais queridas do catálogo dos Beatles, entre eles cinco números um e faixas como “I Saw Her Standing There”, “Please Mister Postman” ou “And I Love Her”.

Da mesma forma que o primeiro álbum duplo de 1994, este lançamento contém áudio do quarteto de Liverpool conversando com os DJs Brian Matthew e Alan Freeman e com os locutores Lee Peters e Rodney Burke.

Os Beatles tocaram um grande leque de canções nas 275 participações que fizeram na “BBC” entre março de 1962 e junho de 1965.

Só em 1963, estiveram em 39 programas de rádio e em um só dia chegaram a gravar 18 canções em uma sessão de menos de sete horas, em que havia pouquíssima margem para corrigir erros.

Comentários

Comentários

« Voltar