Carteira estudantil ganhará versão digital e será emitida pelo MEC

O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta sexta-feira (6) uma medida provisória (MP) que promete diminuir a burocracia e economizar o uso de papel para impressão da carteira estudantil. A versão digital será gratuita e deve ser disponibilizada para smartphones Android e iOS, via Play Store e App Store.

Quem quiser obter o novo modelo deve declarar que está ciente sobre a possível utilização dos dados para composição de cadastro unificado e utilização no ciclo das políticas públicas estudantis. Com a novidade, os estudantes poderão usar apenas o celular para pagar meia-entrada em shows, teatros e outros eventos culturais.

Segundo Bolsonaro, é também uma forma de tirar o dinheiro das mãos do União Nacional dos Estudantes, pois “quem manda lá é o PCdoB”. O documento será emitido pelo Ministério da Educação (MEC) e já pode ser implementado, mas a MP precisa ser aprovada pelo Congresso e então sancionada em definitivo pelo presidente.

As emissões das carteiras estudantis digitais devem começar 90 dias após a publicação no Diário Oficial da União.

Fonte: Correio Braziliense

Comentários

Comentários

« Voltar