85% dos candidatos para a prova do magistério são mulheres

images (1)

O concurso do magistério realizado na tarde de domingo em 147 escolas do Rio Grande do Sul teve 85% dos candidatos mulheres. Dos 69,4 mil inscritos, 59,1 mil eram do sexo feminino.

Conforme a Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos (FDRH), que coordenou e executou o concurso público para professores, 4.235 pessoas solicitaram algum tipo de cota. Em todas as Coordenadorias Regionais de Educação (CREs), 43 candidatos são portadores de deficiência. Do total de vagas existentes, 26% foram destinadas às cotas, sendo 10% às pessoas com deficiência e 16% aos candidatos negros e pardos.

Foram oferecidas 10 mil vagas, que devem servir para acabar com metade dos quase 20 mil contratos emergenciais existentes hoje no quadro do governo. O índice de abstenção ficou em 8,4%, pois 5.837 não compareceram.

O gabarito oficial da prova deve ser divulgado apenas na sexta-feira. O exame é eliminatório e corresponde a 80% de peso na nota final. Ainda existe no processo seletivo a prova de títulos, que é classificatória.

Em 2012, a selação também abriu a mesma quantidade de vagas, mas apenas a metade conseguiu se classificar. A intenção do governo é começar as nomeações em agosto deste ano.

Comentários

Comentários

« Voltar